A ascensão do hidromel: O próximo grande negócio do movimento artesanal

A ascensão do hidromel: O próximo grande negócio do movimento artesanal

A ascensão do hidroeml: O hidromel é a bebida fermentada mais antiga? Talvez, diz Brian Rutzen, do The Northman Cider Pub & Bistro, no bairro de Lincoln Square, em Chicago.

“A tendência em direção a alimentos e bebidas ‘artesanais’ tem sido bem encaminhada há décadas”, diz Rutzen. “Alimentos orgânicos e de origem local, cerveja feita por seus amigos, destilarias artesanais, receitas inventivas de coquetéis e agora a recente ascensão da sidra fizeram parte da redescoberta das tradições perdidas e da busca por novos horizontes. Era só uma questão de tempo até que essa nova geração de fabricantes de bebidas pensativos voltasse sua atenção para o hidromel. ”

Próxima onda

Assim como testemunhamos com a cerveja artesanal, o hidromel começa a decolar à medida que mais pessoas querem experimentar novos sabores e ingredientes. No caso do hidromel, o mel desempenha um papel de protagonista e uma das razões pelas quais o hidromel poderia ter se tornado.

A ascensão do hidromel: Homem com uma taça de hidromel numa biblioteca

Brian Rutzen, diretor de Sidras, no The Northman Cider Pub & Bistro, em Chicago, acredita que a redescoberta das tradições perdidas e a busca por novos horizontes estão entre as razões pelas quais estamos vendo um aumento no hidromel. (Foto cedida por The Northman Cider Pub & Bistro.)

“Muitas frutas e verduras muitas vezes eram mantidas em potes de mel como forma de preservar alimentos frescos”, explica Rutzen. “Com o tempo e a exposição a leveduras naturais, o mel fermentou e criou a primeira substância alcoólica. O resto é história.”

Opção para alérgicos

O hidromel, deve-se notar, é por vezes referido como mel vinho desde a maioria dos açúcares fermentáveis ​​vem do mel. “Tem algumas propriedades e notas semelhantes ao champanhe, mas geralmente mais doce e mais viscoso”, descreve Rutzen, que acrescenta que também se pode misturar mel com suco de frutas (melomel) ou especiarias (metheglin) para torná-lo mais leve e equilibrar a doçura. O ABV geralmente varia de 6 a 20%, com uma média de cerca de 11%, acrescenta.

Encontrar no menu nem sempre é fácil, embora certamente esteja ficando mais fácil à medida que mais bares estão começando a estocar uma ou duas marcas e mais hidromelaria são abertas e bartenders experimentam. É também uma alternativa popular à cerveja para aqueles que são intolerantes ao glúten, já que o hidromel é mel fermentado e água ou suco em sua forma natural. Note, no entanto, que os braggots casam hidromel e cerveja, o que significa que pode incluir malte, lúpulo ou fermento, que será problemático para aqueles com intolerância ao glúten.

Como começar?

A American Mead Makers Association tem uma área inteira em seu site dedicada aos interessados ​​em abrir um hidromelaria e o HomebrewersAssociation.org inclui uma seção sobre Mead Making em seu site, para os entusiastas da fabricação caseira.

Autor: Meg Karydes

Tradução: Alexandre A. Peligrini

Fonte: https://www.forbes.com/sites/megykarydes/2017/01/27/the-rise-of-mead-the-craft-movements-next-big-thing/#7ea4d8ed7a50

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *