Conheça a pequena cidade do Colorado que surgiu no mapa da produção de hidromel

Conheça a pequena cidade do Colorado que surgiu no mapa da produção de hidromel

Conheça a pequena cidade do Colorado que surgiu no mapa da produção de hidromel: Penrose já é famosa por seus pomares de maçã, mas a pequena comunidade ao sul de Colorado Springs está rapidamente se tornando conhecida por seus vinhos, sidras e hidroméis. Seus fabricantes formaram uma cooperativa e estão vendendo produtos individualmente e oferecendo amostras dignas de uma viagem de um dia ao condado de Fremont.

Aqui está uma olhada em cinco das salas de degustação da cidade e o que você pode esperar encontrar:

Apple Valley Cider Co.
103 Broadway, applevalleycider.com

O proprietário Kevin Williams é nativo de Penrose e cresceu trabalhando em pomares de maçã. Ele fabrica cerveja, vinho e sidra há mais de 15 anos e lançou sua empresa de sidra em 2018.

Ele faz quatro sabores: semidoce, pêssego, groselha preta e cereja. Todos eles ganharam medalhas no Great Lakes International Cider and Perry Competition 2019.

A Apple Valley Cider é praticamente uma operação de um homem só, embora Williams receba alguma ajuda nos dias em que está atendendo a pedidos maiores. Ele tenta obter o máximo possível de maçãs de Penrose, mas a colheita de maçãs diminuiu. Não houve frutas suficientes para sustentar sua produção, graças a uma combinação de seca, geada e tempestades de granizo.

“Em três anos e meio de fabricação de sidra, só consegui maçãs um ano de Penrose”, disse ele. “Isso foi em 2019 e foi muito bom. Tinha muitas maçãs Golden Delicious – realmente boas. Conto com o estado de Washington para obter suco.”

A sidra está disponível em garrafas de 12 onças, pacotes de quatro ou caixas. Todos são 6% de álcool. Williams distribui a sidra para lojas de bebidas ao longo de Front Range. Você pode visitar sua sala de degustação aos sábados e domingos, do meio-dia às 18h. E se estiver com fome, você pode comprar comida na porta ao lado, na Penrose Pizzeria & Pub.

C Squared Ciders
910 L St., csquaredciders.com

Charles “Andy” Brown e Chad Hatlestad fundaram a C Squared Cider Co. em Denver em 2015. O nome da Sidraria veio das iniciais dos primeiros nomes dos homens.

“Também significava levar a sidra ao próximo nível exponencialmente”, disse Brown. “Tínhamos um mercado local forte e começamos a introduzir as sidras em outros estados. Ganhamos alguns prêmios e nossa produção foi crescendo. No entanto, nosso aluguel estava chegando e comecei a procurar um novo local com impostos mais baixos e potencial de crescimento.”

Ele encontrou uma fazenda de 5 acres em Penrose, comprou-a no final de 2019 e se mudou em 2020.

“Chad ficou em Denver, mas ainda faz algumas vendas de sidra para mim”, disse Brown.

Brown cresceu no Maine. Ele foi para uma escola de cervejas na Califórnia e trabalhou na indústria de cerveja por 15 anos antes de tentar as sidras.

“Existem cerca de 300 cervejarias artesanais no Colorado e 12 a 15 produtores de sidra no estado”, disse ele. “Pude ver o potencial de crescimento. Há um monte de bebedores de cerveja crossover que estão sendo educados sobre a sidra e migraram para elas. A sidra dura é um teor alcoólico inferior, com cerca de 5 a 8,5% de álcool. Tecnicamente é um vinho e não tem glúten, o que ajuda.”

Brown também obtém a maior parte de suas frutas do noroeste, mas a encosta oeste do Colorado também fornece algumas. Ele plantou macieiras em sua terra, mas levará de três a quatro anos para que deem frutos.

O horário da sala de degustação do C Squared Ciders é do meio-dia às 20h. Sábados e meio-dia às 17h00 Domingos.

Brush Hollow Winery
465 D St., 784-7245, brushhollowwinery.com

Esta empresa familiar traz uma combinação de 20 anos de experiência na produção de vinho. Christina e James Roth faziam vinho em casa, e o filho de Christina, Robert Vanatta, é o principal enólogo. Vanatta possuía uma destilaria em Wyoming que era compartilhada por uma vinícola, então ele pôde treinar nessa vinícola.

Quando todos se mudaram para Penrose em 2019, eles viram o clima único, a altitude elevada e o solo de calcário como o lugar perfeito para plantar um vinhedo e construir uma vinícola.

“O cinturão das bananas do Colorado tem a base perfeita para o cultivo de uvas malbec, pinot noir e moscatto”, disse Vanatta.

Seu pequeno vinhedo é jovem e levará vários anos para produzir uvas suficientes para sustentar sua produção de vinho. Eles obtêm outras frutas de Palisades.

“Sempre recebemos nossas uvas e outras frutas de Palisades”, disse Vanatta. “Nossos agricultores nos disseram que o congelamento precoce acabou com as plantações de frutas e que só conseguiremos cerca de 20% do que precisamos este ano. Teremos que modificar nossos rótulos 100% Colorado para as safras deste ano.”

Eles esperam o dia em que possam mais uma vez dizer que seus vinhos, sidras e hidroméis são feitos de 100% de mel, frutas e uvas do Colorado.

Em sua atraente sala de degustação, eles oferecem cestas de presentes com tema de vinho e presentes relacionados ao vinho. Há um pátio espaçoso atrás da sala de degustação com forno de pizza, lareira ao ar livre, jogos, cadeiras e quatro cabanas. A vinícola está disponível para casamentos.

Eles oferecem uma seleção em constante mudança de cerca de uma dúzia de vinhos tintos e brancos, cerca de três sidras e dois hidroméis. As degustações custam US $ 5, mas o preço é dispensado na compra de garrafas. Pranchas de charcutaria e baguetes com azeite italiano importado para imersão estão disponíveis para compra.

A sala de degustação está aberta do meio-dia às 18h. Sábados e meio-dia às 17h00 Domingos.

Jenkins Farms e Western Skies Winery
448 K St., 240-2737, penroseapples.com

Justin Jenkins é o proprietário e fazendeiro de quinta geração da fazenda e pomar de Penrose. Ele tinha o equipamento para fazer sidra e queria tentar fazer sidra dura, mas depois de consultar Jeff Stultz – o enólogo premiado da The Winery em Holy Cross Abbey na vizinha Canon City – Jenkins se inspirou a fazer vinho.

Ele trabalhou com Stultz e agora faz e vende quatro vinhos: riesling, wildberry, apple e merlot. Suas uvas vêm da encosta ocidental e ele obtém outras frutas da Hotchkiss.

A sala de degustação da fazenda é modesta e rústica e funciona das 13h às 17h. Sábados. A fazenda fica aberta durante o outono para colher suas próprias maçãs e abóboras.

Pop’s Vineyard
1940 13th St., 499-4749, popsvineyard.com

Pop’s é o garoto mais novo do quarteirão, tendo aberto para degustação pública no final de junho, mas o proprietário e enólogo Steve Smith começou o vinhedo décadas atrás. Fazer vinho era um hobby para ele e seu filho, Paul.

“Plantamos a vinha em 2006”, disse Steve. “Mas estávamos fazendo vinho na cozinha antes disso.”

Pai e filho se divertiram fazendo o vinho e sua família e amigos os encorajaram a pensar grande porque tinha um gosto tão bom. Quando Steve se aposentou em 2014 como diretor estadual do Departamento de Correções do Colorado, ele e Paul decidiram fazer vinho em uma escala maior. Eles começaram a vender garrafas com rótulos personalizados para corretores de imóveis para seus clientes e casamentos.

Além das uvas que crescem, eles usam mais da Western Slope e de Lodi, Califórnia. A esposa de Paul faz os rótulos.

A sala de degustação está aberta do meio-dia às 18h. Sábados e meio-dia às 17h00 Domingos. A sala de degustação fica em um campo de feno na esquina da Rua T com a 13ª. Nos dias de degustação, haverá bandeiras que você poderá seguir. Uma vez lá, você pode provar seus seis a sete variedades. Todas as garrafas custam $ 20.

Autor: Teresa Farney

Fonte: https://gazette.com/life/penrose-emerging-as-cider-wine-and-mead-production-center/article_912afe4c-d9be-11eb-951c-1f1cb4d16a54.html

Tradução: Alexandre A. Peligrini

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *