Hidromel e avante!

Hidromel e avante!

Hidromel e avante! Uma empresa do condado de Randolph foi homenageada pelo seu hidromel.

Hidromel e avante! Produtores discutindo uma nova receita

A Healthberry Farm, uma hidromelaria localizada em Dryfork, recebeu recentemente uma medalha de prata na categoria Sweet Varietal Mead da competição Mead Crafter’s Competition por seu Honey River Basswood Mead. A competição foi organizada pelo Conselho Nacional do Mel.

Ben McKean e Erika May, da Healthberry, ofereceram recentemente informações sobre seu processo. McKean começou a aprender sobre a fabricação de hidromel em 1998 e começou a fabricar seus próprios produtos em 2014.

“Levei um tempo para construir minhas colmeias, vender mel, obter equipamentos, desenvolver receitas e realmente descobrir se era isso que eu queria fazer”, disse McKean. “Essa foi uma oportunidade para realmente obter a última peça do quebra-cabeça, como impostos e licenciamento.”

Respeito com seu principal “fornecedor”

“Uma das minhas práticas de gerenciamento mais importantes é garantir que cada colmeia tenha mel suficiente antes de começar a tirar o mel”, disse McKean. “Muitas abelhas não saem da colmeia nas primeiras duas semanas de vida e precisam de mel para sobreviver, e depois no inverno, é claro.”

O processo da casa do mel começa com a extração. McKean explicou as diferentes tarefas de cada máquina, como retirar a cera dos favos e girar o mel para fora das molduras.

“O girador, aqui, tem 20 quadros (…) tiramos as tampas, de modo que o mel saia do pente e escorra pelas laterais, saindo pelo bico”, disse ele.

McKean explicou que sua especialidade é o mel varietal, “significa que eu sei que tipos de flores estão florescendo em determinados momentos, então colho em diferentes épocas do ano, dependendo de quais flores estão florescendo, e recebo méis com sabor diferente.”

Alto padrão de qualidade

Hidromel e avante! Ben Mckean explica o funcionamento da centrífuga

O mel produzido na Healthberry é mel cru, o que significa que nunca foi fervido. Por esse motivo, o sabor floral é muito mais puro e natural, e é mais saudável e mais nutriente.
A cera dos favos de mel não é desperdiçada, tenha certeza. Toda a cera de abelha recuperada é usada para fazer velas e pomadas naturais.

“As coberturas que estão coletando aqui são o que eu coleciono e derreto”, disse McKean.

“A demanda pelo meu hidromel tem sido realmente grande”, observou ele. “Um verdadeiro hidromel é apenas mel com água (…), por isso estamos seguindo essas antigas tradições e trazendo de volta alguns dos nomes antigos.” McKean também produz vários melomeis, que são hidromeis frutificados.

“É uma honra ser reconhecido por uma organização nacional especializada em mel”, disse McKean em relação à competição. “Temos orgulho de representar a Virgínia Ocidental ao ganhar este prêmio.”

Portas abertas!

Os visitantes são bem-vindos na fazenda com hora marcada.

“Adoramos ter visitantes na fazenda. As pessoas gostam de ver como processamos o mel e quanto cuidado dedicamos à administração de nossos pequenos negócios”, disse McKean. “Além disso, o hidromel fica melhor quando você sabe onde é feito.”

Autor: Haley Gordon

Tradução: Alexandre A. Peligrini

Fonte: https://www.theintermountain.com/news/local-news/2019/11/making-mead/

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *