Produzindo hidromel espumante na Califórnia

Produzindo hidromel espumante na Califórnia

Produzindo hidromel espumante na Califórnia: Para Gordun Hull, um experimento de fermentação de mel o levou por um caminho inesperado ao abrir a Heidrun Meadery. Hull, que anteriormente trabalhava como cervejeiro, fabrica hidroméis secos espumantes de variedades de flores únicas, bem como uma versão multifloral que revela o terroir da região de onde o mel é proveniente. De seu líquido Orange and Sage Blossom à sua deliciosa propriedade de flores silvestres de Point Reyes, os hidroméis de Heidrun têm mais sabor de champanhe do que vinhos de mel doce que você pode encontrar servindo em uma feira renascentista.

Produzindo hidromel espumante na Califórnia: Rótulo da Heidrun Meadery

 

Depois de provar vários desses, passamos um tempo aprendendo sobre a história da Heidrun, o processo de fabricação de hidromel e o que está por vir para seus lançamentos neste outono.

Produzindo hidromel espumante na Califórnia: Taças de Hidromeis Espumantes

Curiosidade que cria

Algumas décadas atrás, quando começou a explorar o processo de fermentação de uma cervejaria comercial no condado de Humboldt, Hull não gostava dos hidromeis que provava. Isso o motivou a aprender a fazer sua própria versão com espumante seco. Com um galão de maçã e mel de amora, ele fez seu primeiro lote e, três meses depois, ele felizmente descobriu que estava limpo, seco e efervescente. A partir de então, seu objetivo passou a ser levar a cultura do hidromel aos restaurantes para atrair os entusiastas do vinho e do champanhe e desenvolver um público para o hidromel do século XXI.

Hull nomeou sua empresa em homenagem à cabra portadora de hidromel do deus nórdico Odin e depois de alguns anos trabalhando em sua garagem, Hull mudou a operação para uma incubadora em Arcata. Enquanto produzia, ele levava garrafas para SF para compromissos em restaurantes com diretores de vinho.

Primeiros passos

Seu primeiro fornecimento para restaurantes foi no Green’s Restaurant em 1998, e mais tarde o icônico Chez Panisse colocou um pouco de Heidrun em sua carta de vinhos.

Produzindo hidromel espumante na Califórnia: Fermentação na garrada

Ainda assim, Hull queria melhorar e aprender mais. Na seção de vinhos da biblioteca pública de Sonoma, ele estudou como fazer a transição para o método champenoise – em que a fermentação secundária ocorre na garrafa. Junto com sua esposa, Jeffra, Hull começou então a explorar propriedades com operações de apicultura. Sua busca os levou a West Marin, onde encontraram uma fazenda de laticínios à venda em Point Reyes que forneceria tudo de que precisavam para uma fazenda de gado em pleno funcionamento.

Produzindo hidromel espumante na Califórnia: Apicultor realizando a sua atividade

Entendendo a apicultura

Hull teve aulas de apicultura na Associação de Apicultores de Marin e em Beekind em Sebastopol. Os primeiros anos desafiadores foram de muita tentativa e erro. Então, Hull estendeu a mão para os apicultores Bonnie e Gary Morse, da Bonnie Bee & Company, que estavam trabalhando para melhorar a saúde das abelhas em Marin. “Há cinco anos eles cuidam das nossas abelhas. Agora temos nove de nossos próprios apiários em Marin ”, diz Hull.

Em sua propriedade de 13 acres em Point Reyes, Hull transformou o celeiro em uma sala de degustação em estilo estufa cheia de flores e plantas. Um campo gramado que antes era para as vacas agora está sendo solarizado para dar lugar a um prado de flores silvestres para suas abelhas.

Produzindo hidromel espumante na Califórnia: Tanques fermentadores

Processo padronizado

Heidrun não muda seu processo de um hidromel para outro, apesar das enormes diferenças nos méis que usam. “O que estamos fazendo é revelar aos nossos visitantes e clientes como cada variedade de mel é extraordinariamente diferente e como isso se expressa em nosso vinho”, diz Hull.

Produzindo hidromel espumante na Califórnia: Garrafas sendo envasadas

Semelhante à vinificação, “além do elemento da espécie de flor, há também um senso claro de terroir para o mel”, continua Hull. “O mel das montanhas de Sonoma é diferente do que em Point Reyes. Do solo ao clima, até as técnicas dos apicultores, se refletem nas variações”.

Produzindo hidromel espumante na Califórnia: Uma bela taça de hidromel espumante

Hull faz uma variedade com mel e cenoura madras que ele comprou de um apicultor no Vale Willamette do Oregon, que tem um forte sabor vegetativo. “O hidromel que produzimos dele tem um sabor muito rico, como incenso e sândalo”, disse Hull.

Méis diferentes e únicos

“Tem gosto de Saison belga.” Hull adora especialmente o hidromel que eles fizeram com mel Lehua Blossom da Ilha Grande do Havaí. Ele sente a secura de champanhe no Lehua Blossom que combina bem com ostras cruas e sushi, enquanto o Orange Blossom combina muito bem com comida indiana.

O gerente de sua fazenda já trabalhou com a vizinha Cowgirl Creamery e gosta de planejar combinações de hidromel com queijo. “O presente inesperado de nos mudarmos para Point Reyes foi o quão bem nos encaixamos no mundo culinário local de fabricantes de queijo, produtores de ostras e frutos do mar frescos. Existe uma sinergia aqui entre todos nós trabalhando juntos”, diz Hull. “É divertido colaborar.”

Sabores conhecidos

Um amigo de Hull mantém colmeias em seu telhado no bairro de Western Addition de São Francisco e o mel delas levou a outro líquido. “É um sabor daquele terroir botânico lá em SF, nosso primeiro mel urbano”, diz Hull ao descrever esta variedade como levemente efervescente, com notas de sabor que evocam um Riesling alemão.

Neste outono, Hull e a equipe Heidrun estão ansiosos para lançar uma nova variedade com mel de flor de abóbora do Oregon.

Transformar os melhores méis de sua própria terra e de todo o mundo em hidromel continua a inspirar a todos em Heidrun. “Estamos começando a trabalhar com mel de outros continentes e com organizações que estão promovendo a apicultura em florestas da América do Sul e da África”, diz Hull. Seu objetivo é ajudar a manter essas florestas vivas por meio de práticas agrícolas que incentivem a conservação.

Economia sustentável

Aumentar a demanda por mel para fazer hidromel traz benefícios ecológicos. O consumo de hidromel promove a apicultura, o que beneficia o meio ambiente.

Produzindo hidromel espumante na Califórnia: Campos floridos na Heidrun Meadery

“Nossas abelhas são nossas operárias”, acrescenta Hull. “O mundo das flores é a nossa fonte. Quer estejam coletando o néctar das safras que cultivam nossos alimentos ou as flores dos jardins vizinhos, as abelhas são vitais para o sustento da vida. Nós nos beneficiamos das deliciosas variedades de mel que elas criam. Nós nos esforçamos para destacar a importância de suas fontes e a necessidade de preservá-las.”

Até que os tours e a sala de degustação reabram, os hidroméis da Heidrun estão disponíveis em seu site e na K&L e Whole Foods Markets em toda a Califórnia.

Autora: Julie Wolfson

Tradução: Alexandre A. Peligrini

Fonte: https://coolhunting.com/food-drink/heidrun-meadery-point-reyes-california/?fbclid=IwAR3x0GS-okZ1d8S79vgyrkkNcugwRZG8gc98HBcXpWL1O-n2l_D4L4zwl_Y

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *