Show me the Honey

Show me the Honey

Show me the Honey: Este ano, quando a equipe do Moonshine Meadery enviou suas inscrições para o European Beer Challenge, eles sabiam que seria um grande negócio se ganhassem. Lançada em 2018, a marca é a primeira hidromelaria da Índia com sede em Pirangut, Pune. “Quem nos avalia está entre os maiores compradores, importadores, distribuidores, varejistas e, em alguns casos, até fabricantes da Europa. Ganhar qualquer coisa aqui, na verdade, é o reconhecimento de que uma marca indiana, em uma nova categoria, pode estourar no cenário mundial”, afirma o cofundador Rohan Rehani.

Show me the Honey: Socios da MS

Fundadores Nitin Vishwas e Rohan Rehani

A Moonshine voltou com três prêmios: Double Gold pelo seu hidromel de abacaxi grelhado, um ouro pelo projeto x hidromel e um bronze pelo popular hidromel de goiaba e chili em um evento realizado em Londres em abril. Aliás, é apenas a segunda marca da Índia, depois de Bira, a vencer este desafio.

Origem

Acredita-se que o hidromel, também conhecido como vinho de mel, seja a bebida alcoólica mais antiga do mundo, historicamente consumida por um público bastante diverso, que vai desde humildes trabalhadores e vikings até a realeza. Embora muitas vezes confundida com cerveja, visto que ambas são fermentadas, essa bebida ocupa seu lugar próprio.

A palavra hidromel, explica o cofundador Nitin Vishwas, vem da palavra indo-latina ‘medu’, que é derivada da palavra sânscrita ‘madhu’. “O hidromel é essencialmente mel, água, fermento, misturado em certa proporção e fermentado em temperatura controlada. Frutas e especiarias são adicionadas para realçar o sabor. Os hidromeis podem existir com até 3,5% ABV mas também se pode produzir hidromeis até 12-13% ABV. Embora o processo principal se assemelhe muito à produção de vinho, quando se faz hidromel com menos de 8%, as infusões de frutas e especiarias se assemelham às da cerveja artesanal.”

Show me the Honey: Hidromel sendo servido

O hidromel é feito fermentando o mel com água. Às vezes é aromatizado com frutas, especiarias, grãos ou lúpulo. Cortesia da foto / Tanya Thomas e Aroonabha Ghose

Sabores exóticos

O abacaxi grelhado e a goiaba têm sido dois de seus hidroméis mais vendidos, ou o que eles chamam de MeadLABs. A intenção por trás deles é usar apenas produtos sazonais. “Usamos uma mistura de goiaba rosa e branca e pimenta Naga bhut jolokia para o hidromel da goiaba e abacaxi grelhado no carvão e envelhecido em lascas de carvalho para o abacaxi grelhado. O esforço investido na elaboração desses estilos se reflete em como são deliciosos”.

Este escritor se encantou com o hidromel de abacaxi grelhado (RS 199), feito com mel multifloral e abacaxi temperado com rum. É esfumaçado, robusto e refrescante ao mesmo tempo. O projeto X é elaborado com mel de origem única. “Na segunda metade de 2020, começamos a obter nosso próprio mel em caixas de abelhas em todo o país e fizemos este lote do Projeto X com uma colheita de mel Sidr”, diz Vishwas.

Outros negócios

O mel restante é vendido diretamente por meio de seu braço vertical, a Moonshine Honey Project. Provar a goiaba aromática com pimenta nos levou de volta aos tempos de escola, quando mordíamos o “peru” salpicado com pimenta em pó na calçada. Apesar da nota picante, é agradavelmente leve.

A marca faz experimentos consistentes com vários ingredientes. “Fizemos sabores únicos usando geléia de manteiga de amendoim, hibisco, beterraba e até cabaça amarga. Geralmente executamos muitos deles por meio de eventos para verificar o feedback do consumidor.” Se eles decidem que é muito nicho, eles evitam seguir o caminho da garrafa. “No entanto, o outro filtro é mais técnico – como usamos frutas e especiarias 100% reais, alguns hidroméis começam a se decompor com o tempo. Portanto, é normalmente arriscado engarrafá-lo, pois não há controle sobre os prazos de consumo e, portanto, a qualidade”, explica Vishwas.

Show me the Honey: Colmeis da MS

The Moonshine Honey Project Beebox em Gorus Farms, Pune. Na segunda metade de 2020, a marca começou a buscar seu próprio mel em caixas de abelhas em todo o país e fez um lote do Projeto X com uma colheita de mel Sidr

Mercado em construção

Há três anos, quando lançaram a marca, não havia mercado de hidromel em toda a Ásia para se falar, observa Rehani. “Foi apenas nos últimos três anos que duas hidromelarias foram lançados em Cingapura, um na Tailândia e outras na China. Na Índia, há uma surgindo em Chandigarh, uma em Bengaluru e, com sorte, mais algumas em Maharashtra. O resultado é que há um mercado ativo na Índia e o hidromel é uma ótima opção dentro deste espaço.”
Curiosamente, a bebida alcoólica do velho mundo ganhou globalmente uma reputação entre a ‘nova geração de bebedores hipster’, quando a série dramática de sucesso da HBO, Game Of Thrones, iniciou sua sexta temporada em 2016.

Novos consumidores

Rehani prefere chamar essa geração de bebedores de pioneiros. “Este é o grupo que está sempre em busca da próxima novidade no mercado e que é fundamental para o ecossistema consumidor. O feedback deles é importante porque, na maioria das vezes, é sincero e honesto.” Seu público evoluiu e não está mais restrito a faixas etárias, acrescenta. “Qualquer pessoa que esteja procurando gosto em vez de intoxicação e uma experiência de bebida, acabam provando a Moonshine.

O fato de ser gaseificado ajuda a adicionar à experiência de beber. O fato de também ser sem glúten e ter propriedades antioxidantes torna ainda mais fácil a escolha.”

Autor: Anju Maskeri

Tradução: Alexandre A. Peligrini

Fonte: https://www.mid-day.com/sunday-mid-day/article/a-little-more-with-less-23181254?infinite-scroll=1

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *